terça-feira, 29 de Setembro de 2009

O MEU MENU - Pelos Caminhos de Portugal

OJE - Lifestyle - 2009.09.29

Ontem foi dia de recuperar a rotina de trabalho, e de despachar os emails que insistem em aparecer ao fim-de-semana. Hoje já é terça-feira, e devemos alimentar o corpo e refrescar a alma, pois ainda há muitas horas de decisões pela frente.

Sendo assim o menu executivo para esta semana é: hoje - Arroz de pato, amanhã - Favinhas com entrecosto e chouriço, quinta - Lulinhas guisadas com arroz branco, e sexta - Carne de porco à portuguesa. Quanto a preços: prato e café 8,50€, sobremesa 1,50€ e vinho a copo desde 2€.

Assim vá até à esquina da Luís Bívar com a Tomás Ribeiro, onde vai encontrar o Sessenta, em cima número de porta, em baixo nome de restaurante.

A ementa varia diariamente. Para além de que no próprio dia, ao almoço tem pelo menos dois pratos, petiscos e vinhos durante a tarde, e ao jantar uma carta mais requintada e elaborada.
Boa comida, preços baixos, uma decoração moderna e repleta de pormenores deliciosos, criam uma envolvência acolhedora e única a este espaço.

E se levar a sua cópia do OJE ou o recorte do artigo vai beneficiar de um desconto de 15%, sobre a factura final.

Já no coração do Minho, junto às faldas do Gerês, podemos encontrar uma gastronomia rica de sabores, tradições e história.

Ora delicie-se com esta sugestão: Papas de Sarrabulho com Estaladiço de Pão (12€), Bacalhau à Moda do Convento de Bouro - Lombo de Bacalhau em Crosta de Broa, Batata a Murro, Grelos Salteados e Azeite Especial de Trás-os-Montes (27€), Arroz de Galo Pica no Chão Biológico Malandrinho - Certificado de Vila Verde (25€), Degustação de Doçarias Conventuais e Regionais (8€).

Esta esplêndida e apetitosa carta está disponível na Pousada de Santa Maria do Bouro, combinando a riqueza dos sabores da gastronomia regional com a grandiosidade do Mosteiro Cisterciense do século XII.

O arquitecto Souto Moura foi o grande responsável pelo projecto, criando um espaço magnífico, onde o projecto arquitectónico e decorativo enriqueceu o espaço, preservando o traço exterior, e adicionando o conforto interior que todos procuramos nestes lugares.

Os passeios pedonais ou de jipe aos locais de interesse são muito frequentes, sendo os mais populares aos Santuário da Nossa Senhora da Abadia. O Mosteiro de Rendufe, as barragens da Caniçada e Vilarinho das Furnas e a aldeia típica de Santa Isabel do Monte são outros dos pontos que não deve deixar de visitar quando pernoitar nesta pousada.

E porque hoje é terça-feira, as reservas são a preços mais reduzidos através do site www.pousadas.pt ou telefone 218 442 001.

Não se esqueça de levar a sua cópia do OJE ou recorte deste artigo, e apresentar no momento do check-in. E receba uma garrafa de vinho da adega das Pousadas de Portugal. Oferta válida até ao fim do ano.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt.

VOUCHER
15% Desconto no valor da factura
Restaurante Sessenta
www.sessenta.pt
Rua Tomás Ribeiro,60, 1050-231 Lisboa
Tel. (+351) 21 352 60 60
Email: geral@sessenta.pt

Uma garrafa de vinho da Adega das Pousadas de Portugal
Pousada de Amares - Santa Maria do Bouro
www.pousadas.pt
Santa Maria do Bouro 4720-688 Amares
Tel. (+351) 253 371 970-
Email: recepcao.bouro@pousadas.pt

Texto publicado originalmente no Lifestyle do diário OJE a 29 Setembro de 2009

sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

Dourada em Papelote

Fotografia Nicolas Lemonnier
http://www.lemonnierfoto.com/

Ingredientes (1 Pessoa):
Uma dourada pequena
½ Pimento vermelho
2 Cebolas pequenas
Tomate cherry
Tomilho
Aneto
Alcaparras
Sal
Azeite

Preparação:
Acenda o forno a 220ºC.
Corte um rectângulo de papel vegetal onde possa caber a dourada.
Regue o papel com um fio de azeite e ponha por cima a dourada temperada com sal e as ervas aromáticas e disponha à volta as cebolinhas, os tomates cherry cortados ao meio, o pimento às tirinhas e umas alcaparras.
Regue com um pouco mais de azeite, feche o papelote e ate-o com o cordel de cozinha.
Coza no forno quente por cerca de 20 minutos.

Sugestão de vinho: Por António Coelho, Enólogo.

Quinta da Lagoalva Talhão 1 – Branco 2008 Vinho Regional Tejo Cor citrina muito límpida. Aroma delicado de frutos tropicais e ligeiro floral. Na boca surge muito equilibrado com acidez gastronómica. Termina fresco e limonado.
Temperatura de serviço: 8-10ºC

Caso tenha dúvidas estarei pronto para o ajudar (gourmet@live.com.pt) - a fotografia é apenas uma sugestão de apresentação.

Boa sorte e bom gourmet

terça-feira, 22 de Setembro de 2009

The Balvenie: A tradição no fabrico do Single Malt

OJE - Lifestyle - 2009.09.22

Família e tradição, dois dos valores que mais sigo e respeito. Não foi preciso mais do que 5 minutos para me aperceber de que a minha viagem às destilarias da família Grants são o reflexo destes valores.

Esta pequena cidade onde os habitantes mais comuns são os barris, tem mais de 120 milhões de litros de whisky como residentes volantes. A sua estadia pode prolongar-se até aos 50 anos, mas o mais comum é ficarem apenas 12.

É actualmente a única destilaria do mundo que produz a sua própria cevada, tem e usa eiras de maltagem, mantém os tanoeiros e caldeireiros, tornando o The Balvenie o mais artesanal dos maltes.

O processo de produção artesanal é garantidamente mais moroso, mas também é o factor que garante a alta qualidade desta bebida, a sua forte personalidade e ainda o emprego a mais de 200 pessoas.

Está um dia de Sol, raro para estas zonas, o verde da Escócia brilha e o dia vai ser certamente agradável. O primeiro destino é o barley loft. Este armazém recebe diariamente toneladas de cevada, produzidas e ceifadas nos mais de 500 hectares de campo pertencentes à família Grants.
Robbie está cá todos os dias para garantir todos os passos da maltagem, ou seja, transformar a cevada em malte. Assim, durante dois a três dias o cereal é levado para um tanque cheio de água para aumentar a sua humidade e depois é espalhado pelo chão do malt floor.

Ao longo de dois dias, Robbie e os seus colegas têm de percorrer toda a área da eira com uma pá e, com um movimento semelhante ao swing do golfe, revirar todo o grão, garantindo uma secagem homogénea.

Segue-se a viagem até ao kiln (forno) para a secagem final da cevada, agora já malte. O fuel usado neste processo é o peat, turfa local e natural que imprime o gosto e aroma que caracteriza o The Balvenie. Grão seco e saboroso, e está na altura de extrair os açúcares: o mashing. A cevada é moída criando o grist que será conduzido para as mash tun, uma espécie de tanques gigantes com umas pás rotativas e cheios com água da nascente aquecida. Daqui vai resultar uma massa açucarada apelidada de wort.

São precisos apenas três dias a fermentar o wort para transformar esta mistura no wash. "Aqui para nós, é cerveja, um pouco mais densa, mais aromatizada e com 8% de álcool", confessa Ian, que diariamente controla os tanques do Brewing. Agora é tempo daquele processo mágico: a destilação!

Basicamente, este processo é onde se separam os álcoois e os seus aromas das matérias indesejáveis, através do aquecimento.

Deita-se, assim, o wash para os alambiques de cobre - wash still, onde durante seis horas é sujeito a temperaturas perto do ponto de ebulição, criando a evaporação. Os líquidos evaporados são recepcionados num pequeno depósito conhecido por low wines receiver. Nesta fase do processo já temos um líquido com 21% de álcool, que irá ser novamente destilado num dos alambiques mais pequenos, chamados de spirit still.

Assim que estiver entre os 70% a 65% de álcool, o stillman começa a redireccionar o denominado de middle cut para um tanque intermédio e posteriormente para os cascos de maturação.

Agora é tempo para o Malt Master iniciar o seu trabalho. David Stewart já conta com 47 anos de casa. Sendo um dos mais experientes do ramo, é o grande responsável pela criação da gama única do The Balvenie.

David revela que o seu trabalho é um reflexo de uma equipa experiente, muito consciente do facto de todas as fases do processo de produção artesanal serem primordiais para as características do whisky. E acrescentou: "O facto de os cascos serem preparados e mantidos pelos nossos tanoeiros garante uma maturação mais controlada e personalizada, de acordo com os altos padrões do The Balvenie." Um facto curioso associado à maturação é a perda de 1,5% a 2% do volume dos cascos em vapores, conhecido por angel share ou parte para os anjos. Se somarmos toda essa perda de whisky entre as dezenas de destilarias da Escócia, fico a perceber o descontrolo dos anjos nas condições climatéricas, justificando-se assim a permanente chuva neste país.

É tempo de provas! A visita a uma destilaria não estaria completa sem a degustação da gama de maltes produzida nesta casa.

Um tabuleiro, cinco copos, um pequeno jarro com água da nascente, e dá-se início aos trabalhos. O anfitrião é David Mair, Embaixador do Whisky Single Malt The Balvenie, que comenta: "Saber apreciar um whisky de malte é reconhecer os sabores e aromas que ele transmite". Eleva o copo à boca e confessa: "Este aroma e bouquet leva-me a recordar os verdes campos da região de Speyside".

Uma visita à Escócia não está completa sem a passagem por uma destilaria, mas, se o que pretende é ver o processo tradicional, então não procure mais, só o vai encontrar numa casa: The Balvenie.

Para aqueles que estão em pulgas para saber qual é a edição limitada deste ano, fica aqui a notícia em primeira-mão: é o The Balvenie Madeira Cask 17 Anos, com acabamento em cascos da Madeira.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt

O MEU MENU - Pelos Caminhos de Portugal


Pelos caminhos de Portugal
Por Vicente Themudo de Castro

Quem procura o local ideal para almoçar com os seus colegas de empresa, exige que o espaço seja sóbrio, se possível bonito, o serviço sem falhas, uma carta de vinhos em que haja várias escolhas válidas para cada prato, e uma confecção de excelência.

O menu executivo desta semana é: Foie Gras, esmagada de banana, amêndoa, redução balsâmico (13€); Dourada, risotto de manjericão e wakame, tártaro tomate (19€); Arroz de pato (15€); Soufflé de chocolate com gelado de tangerina (6,5€).

Onde? No Porto, e chama-se Buhle!

Junto ao Castelo do Queijo, na Av. Montevideu, o Buhle é o espelho de um projecto em que todos ganham: os clientes, por visitarem e degustarem uma gastronomia segura e arrojada, e os que lá trabalham, ao verem os sorrisos de quem sai satisfeito com o que viveu.

Da cozinha sai a assinatura do já experiente jovem Chef Rodrigo Garrett, que passou por restaurantes como o Tuga em Londres, com o Chef Miguel Castro e Silva, e pelo Four Seasons em Miami, EUA.

Não se esqueça de, quando for visitar este espaço, levar a sua cópia do OJE ou um recorte deste artigo para beneficiar da oferta de um mixology cocktail.

Onde o Zêzere encontra o Tejo, há uma terra que ao longe nos faz lembrar um
presépio.

De perto nota-se cuidada e preparada para receber os seus visitantes e, na mesa e com este menu, eleva-nos aos céus: Mexilhão de escabeche (10€), Bacalhau com miga de pão de milho (12€), Entrecosto com migas, e Bife à Remédio D´Alma (14€), e Paixão de maracujá (3€) ou Espera maridos (3€).

O restaurante chama-se Remédio D'Alma, e só não cura quem não gosta de comer bem. A comida nesta casa é bem cozinhada, sem excessos ou falhas.

A cozinheira e proprietária Maria João é açoriana e foi em Constância, terra do poeta Camões, que decidiu fazer poesia com a gastronomia.

O marido, Carlos, é beirão e músico. Habituado aos palcos é o rei da sala, tornando o requintado espaço convidativo e acolhedor.

Apesar do Verão terminar hoje, o Sol ainda convida a degustar estas fantásticas especialidades açorianas na requintada esplanada virada para o Zêzere.

Vá e não volte logo para a cidade. A escassos quilómetros do Remédio D'Alma pode encontrar a relaxante Quinta do Troviscal, na barragem do Castelo de Bode.

Com três quartos e uma suite, este pequeno refúgio pode ser o seu destino para passar uns dias relaxantes fora do corrupio urbano.

Os preços dos quartos variam entre os 90€ e os 100€ e, quando fizer a sua reserva não se esqueça de dizer que veio recomendado pelo jornal OJE e poderá ter uma agradável surpresa.

Ver e viver é uma experiência que ainda sabe melhor quando a podemos partilhar.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.p

Detalhes
Quinta do Troviscal
www.troviscal.com
Castelo de Bode, 2300-152 Tomar
Tel. (+351) 249 371 318 / 917 333 456
Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt.

VOUCHER
Oferta do mixology cocktail BUHLE no valor de 8 €
Restaurante Buhle
www.buhle.pt
Avenida Montevideu 810, 4150-518 Porto
Tel. (+351) 220 109 929
Email: buhle.foz@gmail.com

Oferta de um prato principal, na compra de outro de valor igual ou superior
Restaurante Remédio D'Alma
www.remediodalma.com
Largo 5 de Outubro 4, 2250-029 Constância
Tel. (+351) 249 739 405
Email: geral@remediodalma.com

sábado, 19 de Setembro de 2009

Asas de Frango Tandoori

Fotografia Nicolas Lemonnier
http://www.lemonnierfoto.com/

Ingredientes:
800gr Asas de frango do campo
3 Colheres de pasta tanddori
2dl Vinho branco
Sumo de uma lima
Sal
Azeite

Preparação:
Deite o vinho e o sumo para dentro de uma tigela, junte a pasta tandoori e mexa até diluir.
Tempere as asas de frango com sal e ponha a marinar algumas horas no molho.
Aqueça o forno a 200ºC.
Unte um tabuleiro com 2 ou 3 colheres de azeite, ponha as asas de frango e leve ao forno durante 30 minutos.

Sugestão de vinho:
Por António Coelho, Enólogo.

Terras do Crato Tinto 2006
Vinho Regional Ribatejano
Cor rubi média. Aroma de ameixa madura, frutos do bosque e algum mato verde. Na boca surge com volume, equilibrado, com taninos presentes, mas finos. Finaliza fresco, intenso com alguma compota.
Temperatura de serviço: 16-17ºC

Caso tenha dúvidas estarei pronto para o ajudar (gourmet@live.com.pt) - a fotografia é apenas uma sugestão de apresentação.

Boa sorte e bom gourmet

sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

Tortilha de Chouriço

Fotografia Nicolas Lemonnier
http://www.lemonnierfoto.com/

Ingredientes:
50gr Chouriço Preto (boa qualidade)
2 Ovos
Salsa picada
Azeite
Sal e pimenta

Preparação:
Tire a pele ao chouriço e corte às fatias.
Bata os ovos com uma pitada de sal, pimenta e um punhado de salsa picada.
Aqueça uma frigideira antiaderente pequena com um fio de azeite e ponha as rodelas de chouriço a fritar.
Deite por cima os ovos batidos e deixe prender mexendo a frigideira de uma lado para o outro.
Vire a tortilha com a ajuda de um prato, acabe de cozinhar e sirva bem quente.

Sugestão de vinho:
Por António Coelho, Enólogo.

Óbvio Tinto 2007
Douro D.O.C.
Cor rubi acentuada. Aroma, inicialmente discreto, de frutos vermelhos com sombra de especiarias. Na boca apresenta estrutura e acidez gastronómica, taninos nervosos que irão acalmar. Boa persistência lembrando licor de ginja. Um vinho que vai ganhar muito com o tempo.
Temperatura de serviço: 16-18ºC

Caso tenha dúvidas estarei pronto para o ajudar (gourmet@live.com.pt) - a fotografia é apenas uma sugestão de apresentação.

Boa sorte e bom gourmet

quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Essência do Gourmet, este fim-de-semana no Porto

Cursos contínuos de cozinha Palácio da Bolsa, no Porto com a presença de 20 prestigiados chefes.
A este evento junta-se o Spirits Festival e Wine & Tapas Experience, num programa que se espera interactivo durante três dias.

O Essência do Gourmet está de regresso nos próximos dias 18, 19 e 20 de Setembro, agora em formato renovado e totalmente interactivo, com a realização de cerca de 50 cursos práticos diários de cozinha.

Ao longo de três dias, o portuense Palácio da Bolsa irá acolher 20 prestigiados chefes de cozinha que irão ensinar aos visitantes os melhores truques para preparar saborosas receitas dos mais variados géneros - da cozinha tradicional portuguesa ao sushi, dos sabores italianos às tapas espanholas, das criações mais inovadoras às refeições vegetarianas.

Prometendo afirmar-se como uma experiência gastronómica pioneira no nosso país, o Essência do Gourmet está pensado para receber a família, não faltando as sessões da “Escola do Gosto” e “Miúdos na Cozinha”, em que os mais novos, dos 6 aos 10 anos, serão sensibilizados para a importância de uma alimentação equilibrada, sendo ainda orientados em termos de palato, captando as diferenças de sabor e textura dos vários alimentos. O programa terá também sessões que ensinam os visitantes a preparar refeições “low cost”, bem como os conceitos essenciais de uma cozinha saudável.

Entre os chefes de cozinha presentes no Essência do Gourmet, destacamos: Vítor Sobral (Tasca da Esquina, Lisboa); Rui Paula (D.O.C., Folgosa do Douro); Augusto Gemelli (Gemelli, Lisboa); Albam Rousseau (ARC International); Paulo Morais (QB Essence, Oeiras); Hernâni Ermida (consultor); Vítor Matos (hotel Tiara, Porto); Luis Américo (Mesa, Porto); Luís Lavrador (Selecção Nacional de Futebol); Frederico Carvalho (Go Natural); Igor Martinho (Quinta dos Frades, Lisboa); Amaya Guterres (Quinta do Prazo, Valença); Camilo Jaña (Cafeína, Porto); Rodrigo Garrett (Buhle, Porto); Nuno Santos (Puttanesca, Leiria); Nuno Inverneiro (O Comercial, Porto); Álvaro Costa (Pousada Palácio do Freixo, Porto); Susana Ferreira (cozinha vegetariana); José Alexandre (HiG); Júlio Trigo (El Corte Inglès).

O Essência do Gourmet terá ainda uma área de restaurantes (com refeições preparadas pelos restaurantes Buhle, Terra e Góschò), uma zona VIP para convidados e Imprensa com assinatura de Paulo Lobo, e um Mercado Gourmet, com possibilidade de aquisição de produtos junto dos expositores presentes.

Vinhos, Tapas, Whiskies e Cocktails

Inserido na programação oficial do Essência do Gourmet, o Spirits Festival vai realizar-se no emblemático Salão Árabe do Palácio da Bolsa. Aí, os visitantes poderão percorrer o mundo das bebidas espirituosas, com destaque para a oferta de whiskies e cocktails.

Nas Caves Ferreira, na margem ribeirinha de V.N. de Gaia, o Essência do Gourmet também promove a Wine & Tapas Experience, em que os vinhos do universo Sogrape (de Portugal, Argentina, Chile e Nova Zelândia) serão harmonizados com tapas preparadas por restaurantes do Grande Porto.

O Essência do Gourmet é um evento organizado pela Essência do Vinho, em parceria com a Associação Comercial do Porto e o apoio da Câmara Municipal do Porto.

Condições de Acesso
Essência do Gourmet e Spirits Festival
Horário: Dia 18, das 15h às 21h.
Dias 19 e 20, das 11h às 20h.

15€ - Bilhete válido por pessoa para 1 dia. Inclui possibilidade de inscrição nos cursos de cozinha e restantes acções do programa. Essas inscrições só poderão ser realizadas no próprio evento, 15 minutos antes do início de cada sessão.

30€ - Bilhete válido por pessoa para 1 dia. Inclui possibilidade de inscrição nos cursos de cozinha e restantes acções do programa. Essas inscrições só poderão ser realizadas no próprio evento, 15 minutos antes do início de cada sessão. Confere ainda acesso à Wine & Tapas Experience, incluindo transfer em mini-bus ou por Barco Rabelo entre o Palácio da Bolsa e as Caves Ferreira.

Wine & Tapas Experience
Horário: Dias 18, 19 e 20 de Setembro, das 18h às 22h30.
20€ - Bilhete válido por pessoa para 1 dia. 30€ - Bilhete válido por pessoa para 1 dia. Confere acesso ao Essência do Gourmet, incluindo transfer por mini-bus ou Barco Rabelo entre as Caves Ferreira e o Palácio da Bolsa.

SITE OFICIAL
www.essenciadogourmet.com

terça-feira, 15 de Setembro de 2009

O meu menu - Pelos caminhos de Portugal

OJE - Lifestyle - 2009.09.15

Pelos caminhos de Portugal
Por Vicente Themudo de Castro


Por mais voltas que dê por Lisboa, raramente consigo encontrar uma cataplana que seja, por um lado, respeitadora dos princípios elementares da sua confecção e, por outro lado, arrojada e criativa, oferecendo a quem a almoça uma surpresa agradável ao palato.

Então o menu executivo que recomendo é: Cataplana de chocos e lulas com aroma de hortelã e batatinhas novas cozidas (24,50€) ou a Cataplana mista de peixe e marisco "Thai" com leite de coco, chili, gengibre e ananás grelhado, com arroz basmati (34€) ou ainda a Cataplana de bacalhau com grão, cebola e coentros, aromatizada com vinho Alvarinho (26€) e buffet de sobremesas (7,50€).

Se acha que estes preços são muito altos para este menu, então leve a sua cópia do OJE ou o recorte do artigo e beneficie de um desconto sobre a factura final de 25%. Onde? No Lobby Bistro-Bar do Hotel Sheraton Lisboa.

Uma oportunidade inegável para poder apreciar as estupendas criações do Chef Leonel Pereira, nomeado pelo prestigiado "Guia 4 rodas", "Chefe Revelação do Ano" no Brasil.

Por entre arrozais e a vista magnífica do Sado, encontrei um menu que não foge às tradições da região, e privilegia os pratos com muito arroz.

Ora veja: Caldo de Peixes do Sado, com Hortelã da Ribeira e sua Posta Salteada (11€); Pataniscas Estaladiças de Bacalhau com Arroz de Coentros (23€) e/ou Arroz de Feijão com Entrecosto Frito (23,50€); Buffet de queijos portugueses, frutas e doces conventuais e regionais (9€) - não deixe de provar os rebuçados de ovo.

Este rico menu pode ser provado num lindo e luxuoso castelo totalmente recuperado: A Pousada D. Afonso II, em Alcácer do Sal.

Situada num dos pontos mais altos da cidade, tem uma vista panorâmica privilegiada sobre o rio Sado, e pelos imensos arrozais que a paisagem nos disponibiliza.

É o destino ideal para levar a sua família, disponibilizando várias actividades para crianças, graças ao animador residente que inicia funções desde manhã até quase ao deitar. Assim, tem tempo para degustar a sua refeição em casal, sem ter que se preocupar com os miúdos.

O que não falta a esta pousada são actividades, e para todas as idades: passeios de bicicleta, passeios de barco, observação de aves, observação de golfinhos, entre outras.
E porque hoje é terça-feira, as reservas são a preços mais reduzidos através do site www.pousadas.pt ou telefone 218 442 001.

Não se esqueça de levar a sua cópia do OJE ou recorte deste artigo, e apresentar no momento do check-in. E receba uma garrafa de vinho da adega das Pousadas de Portugal. Oferta válida até ao fim do ano.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt.

VOUCHER
25% no total da factura até 30 Setembro
Restaurante Lobby Bistro - Sheraton Lisboa
www.sheraton.com/lisboa
Rua Latino Coelho 1, 1069-025 Lisboa
Tel. (+351) 213 120 000
Email: sheraton.lisboa@sheraton.com

Uma garrafa de vinho da Adega das Pousadas de Portugal
Pousada de Alcácer do Sal - D. Afonso II
www.pousadas.pt
Castelo de Alcácer do Sal, 7580-197 Alcácer do Sal
Tel. (+351) 265 613 070
Email: recepcao.dafonso@pousadas.pt

Texto publicado originalmente no Lifestyle do diário OJE a 15 Setembro de 2009

segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

Fenómenos

No passado sábado estranhei o facto de ter tido mais de mil visitas no meu blogue, nesses dias mais de duzentas é raro.

O tal fenómeno foi um programa na TV2 com o Henrique Sá Pessoa, e o facto de estar em 2º lugar na pesquisa google das palavras “Restaurante Alma”.

Assim e para quem quiser ver as minhas notas sobre o restaurante basta clicar aqui.

Um croquete e uma imperial

Desde que abriu em 1936, já sofreu algumas remodelações, principalmente a de 1964 onde a tasca deu lugar ao restaurante e cervejaria de eleição.

Eu só comecei a frequentar esta casa nos anos 80, principalmente para comer um prego do lombo ou um dos míticos croquetes. Mas há algo de que ninguém pode acusar este restaurante, o de fugir à qualidade!

Não me lembro de comer mal, ou ser mal servido no Gambrinus. E, contrariamente ao que ouço de acusações, não há pedido (fora de lista) que não seja atendido.

Se há produto, e o chefe sabe confeccionar, então é certo que o pode comer.

Hoje vou lá à hora do lanche comer um prato de croquetes e empurrar com uma imperial. Fujo assim ao meu chá de cidreira e torradas secas. Mais um dia a fugir à dieta, mas o prazer ninguém me rouba.

Na semana passada comi lá um Empadão do mar com salada verde, e finalizei a refeição com uns crepes suzette. Tudo bom, e ainda tive direito a um show na preparação dos crepes.

Marisqueira de valor, garrafeira riquíssima e a cozinha tradicional portuguesa ao mais alto nível, que se alia ao serviço afável e eficaz. Nota máxima para este restaurante.

… e provavelmente com os melhores croquetes de Lisboa.

Restaurante Gambrinus
www.gambrinuslisboa.com
Aberto desde 12:00 até às 01:30.
Rua das Portas de Santo Antão 23
1150-264 LISBOA
Tel. +351 21 342 14 66
info@gambrinuslisboa.com

sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Frango Lima-Limão

Fotografia Nicolas Lemonnier
http://www.lemonnierfoto.com/

Ingredientes:
1 Frango
1 Lima
1 Limão
Alecrim
Sal e pimenta
50gr Manteiga
4 Batatas não muito grandes
Azeite

Preparação:
Aqueça o forno a 180ºC.
Lave e seque o frango, e esfregue-o por dento e por fora com sal e pimenta.
Corte os citrinos às rodelas.
Passe a mão entre a carne e a pele tendo o cuidado de não a rasgar e enfie as rodelas de lima, de limão e um ramo de alecrim.
Unte um tabuleiro no forno com um fio de azeite e ponha o frango por cima.
Junte com as batatas cortadas aos gomos, salpique com sal, mais alecrim e a manteiga cortada em cubos.
Coza no forno quente durante 1h15m, pincelando de vez em quando o frango com o molho criado no tabuleiro.

Sugestão de vinho:
Por António Coelho, Enólogo.


Cabrita Tinto 2007
Vinho Regional Algarve

Cor ruibi intensa. Aroma de frutos do bosque acompanhado por chocolate e algumas notas florais. Na boca apresenta-se denso, quente e com taninos muito redondos. Final prolongado e sedutor.
Temperatura de serviço: 16-18ºC

Caso tenha dúvidas estarei pronto para o ajudar (gourmet@live.com.pt) - a fotografia é apenas uma sugestão de apresentação.

Boa sorte e bom gourmet

quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

De Castro Elias

A grandeza das pessoas é facilmente mensurável pela capacidade de contrariar as adversidades.

A mediática palavra crise facilmente se confunde com desistência, e falta de vontade de combater.

Para o Chef Miguel Castro Silva desistir e ficar parado são palavras fora do seu dicionário, o projecto do norte já é passado e Lisboa é agora a sua cidade.

Tanto melhor para os alfacinhas que agora alojam um dos melhores chefs lusos, e deixaram de precisar de fazer 313km para degustar as suas criações. Certo é que a ementa não é tão requintada, as técnicas são um pouco mais básicas, mas o nível de qualidade do produto final é de altíssima qualidade.

Ontem a minha ementa foi couvert (1,00€), codorniz de escabeche (2,90€), tortilha clássica (4,90€), atum com feijão-frade (2,90€), salada de frango grelhado (2,70€), agua das pedras (0,95€), um copo vinho tinto Douro CARM lote MCS (3,80€) e um café (1,25€) o que perfaz um total de 20,40€. Apesar de ser um estilo de tapas, não é nada caro para todo este manjar (por isso é que estou gordo).

Vou destacar a codorniz que estava magistralmente cozinhada e temperada, sem os desvios habituais para a excessiva acidez, ou pior quando a a carne fica estilo pastilha, simplesmente muito bom.

Não quero deixar de referir que ainda havia o “miminho” do chef. Ontem foram Janquinzinhos, uma verdadeira delicia.

A ementa, muito mais alargada do que o meu estômago comporta, está repleta de iguarias como as iscas de bacalhau, moelas em molho picante, e os pezinhos de coentrada.

O espaço não é grande, deve albergar no máximo 30 comensais, com uma decoração simples mas eficaz, pois dá um ar luminoso a um local com pouca exposição solar. Fica a nota para os três relógios com horas de Lisboa, Almancil e Madrid, curioso não?

Ganharam aqui um cliente que só se vai cansar quando rodar a ementa toda. E parece que a partir de dia 17 deste mês também vão abrir para jantar, o que é sempre uma boa noticia!

Aqui estão as coordenadas:
Restaurante De Castro Elias
Aberto das 12h às 19h.
Av. Elias Garcia, no 180 B (junto à Gulbenkian)
Tel. 217 979 214

Preço médio – 20€

Serviço: 3, Decoração: 3, Menu: 4, Carta de Vinhos: 3, Preço: 4

Nota Final (0-5) : 3+ / Bom

quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

Restaurante da Associação Naval de Lisboa

www.restaurante.anl.pt
Doca de Belém
1400 Santa Maria de Belém, Lisboa
Tel. (+351) 213 635 329

Uma das coisas que eu mais gosto de fazer é descobrir espaços novos e que tragam algo de diferente e inovador às nossas vidas gastronómicas.
Encontrei na Doca de Belém, um espaço com história, mas agora (e acrescente-se finalmente) com cara lavada.
Não vou alongar muito o texto, porque vou sintetizar todos os pontos positivos deste restaurante:
. Uma vista panorâmica sobre o Tejo, ponte e as docas extraordinária;
. Preço dos vinhos e pratos são muito abaixo da média;
. BYOB a 2€, ou seja Bring Your Own Bottle (leve a sua própria garrafa) e beba o seu vinho preferido nos elegantes copos da Riedel;
. Estacionamento fácil;
. Preço médio nos 25€;
. Produtos e confecção muito acima da média, basta dizer que um dos principais fornecedores dos produtos gourmet de Lisboa é sócio no restaurante;

…E um dos melhores lombinhos de porco preto que comi nos últimos anos!

Eu fui e voltarei, pois a visita foi breve e a ementa era demasiado apetecível para ficar apenas pelos 8 pratos que degustei.

terça-feira, 8 de Setembro de 2009

O meu menu - Pelos caminhos de portugal

OJE - Lifestyle - 2009.09.08

Pelos caminhos de Portugal
Por Vicente Themudo de Castro

Depois de uma certa dificuldade em arranjar um menu que se destacasse pela sua originalidade, descobri que a velha máxima "vá para fora cá dentro" assenta que nem uma luva neste menu executivo.

Kabotcha no gyoza - Raviolli de abóbora japonesa com caju e molho de citrinos (3€); Kaki - Ostra com os nossos "caviares" de Porto e malagueta (5€); Tenpura moriawase - Tenpura de camarão, peixe e legumes (15€); Gyu niku - carne barrosã DOP grelhada (12€); Ménage à trois de chocolate - mousse de chocolate negro, financier de chocolate de leite e gelado de chocolate branco com wasabi (7€).

Este fantástico e exótico menu é servido no restaurante de comida asiática "Góshò", mesmo no centro do Porto.

A arquitectura do espaço foi desenvolvida pelo japonês Haruo Morishima em parceria com aNC-arquitectos. O projecto gastronómico com a assinatura do chefe Paulo Morais, e o Sommelier Manuel Moreira conferem automaticamente a este espaço a garantia de qualidade.

Não se esqueça de, quando for visitar este agradável espaço, levar a sua cópia do OJE ou um recorte deste artigo, apresentá-lo ao chegar a conta, para beneficiar de 10% de desconto na sua refeição.

Descendo um pouco mais chego a Coimbra e saboreio mais um menu, este privilegia a cozinha de mercado: Terrina de foie gras com pêssegos, ervilhas, vinagreta de pêssegos e geleia de vinho da Madeira baunilhado (20€) e/ou Sopa de espargos e lavagante com brunesa de batata e lascas de bacalhau (11€); Lombo de garoupa com losango de atum com molho de "noilly plat" e legumes da época (27€); Bifinho do lombo de novilho, dueto de feijão, açorda de legumes, maçã em gordura de ganso e molho de Calvados (27€); Cerejas da cova da beira em vinho do Porto com gelado de canela (14€).

A escolha foi difícil, pois a qualidade e a excelência são patentes em tudo o que o Chef Albano Lourenço confecciona. O facto de ter sido destacado com uma estrela Michelin não foi por acaso: estamos perante um dos melhores chefes nacionais e ninguém pode ficar indiferente ao seu trabalho.

O restaurante é o Arcadas e está integrado na lindíssima Quinta das Lágrimas e no seu palácio do século XVIII, convertido num dos mais charmosos hotéis de Portugal.

O Hotel oferece, além da sua rica gastronomia, três ambientes distintos: os quartos do palácio, onde o charme e o romantismo estão perceptíveis na sua decoração; os quartos do jardim, com vista para os cenários de amores de Pedro e Inês; e os quartos do SPA onde predomina o modernismo e o design.

Se gosta de jogar golfe, não se esqueça de trazer os seus tacos, pois tem à sua disposição um campo de 9 buracos e um vistoso driving-range.

Diárias quarto duplo jardim: 183€/semana e 193€/fim-de-semana.
Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt


VOUCHER
10% Em todas as refeições até 30 Novembro
Restaurante Góshò
www.gosho.pt
Avenida da Boavista 1277 piso -1 - 4100-130 PORTO
Tel. (+351) 226 086 708
Email: geral@gosho.pt

Uma garrafa de vinho num jantar a dois + 2 entradas para a visita aos Jardins da Quinta das Lágrimas
Restaurante Arcadas
www.quintadaslagrimas.pt
Rua António Augusto Gonçalves - 3041-901 COIMBRA
Tel. (+351) 239 802 380
Email: res@quintadaslagrimas.pt.

Texto publicado originalmente no Lifestyle do diário OJE a 8 Setembro de 2009

sábado, 5 de Setembro de 2009

Camarão com alho e whisky

Fotografia Nicolas Lemonnier
http://www.lemonnierfoto.com/

Ingredientes:
1kg Camarão calibre 30/40
6 Dentes de alho
50gr Manteiga s/ sal
1dl Whisky (novo)
Coentros picados
Sal e pimenta

Preparação:
Dê um golpe com a faca afiada nas costas do camarão, tire as tripas e tempere-o com sal e pimenta.
Corte os dentes de alho às fatias.
Aqueça uma frigideira com a manteiga e refogue as fatias de alho.
Junte o camarão e salteie em fogo forte, mexendo até o camarão ganhar a cor típica.
Deite o whisky e deixe apurar um pouco, acrescente os coentros.

Sugestão de vinho:
Por António Coelho, Enólogo.

Cabrita Rosé 2008
Vinho Regional Algarve
Aroma de fruta vermelha fresca com sugestões florais. Na boca, demonstra-se vibrante, mas com elegância e acidez muito equilibrada. Finaliza fresco, intenso, a lembrar groselha.
Temperatura de serviço: 10-12ºC

Caso tenha dúvidas estarei pronto para o ajudar (gourmet@live.com.pt) - a fotografia é apenas uma sugestão de apresentação.

Boa sorte e bom gourmet

Restaurantes Agosto - Lisboa - Golden Guide

Golden Guide é uma revista sobre Lisboa, que oferece artigos de Lifestyle, oferta cultural e de entretenimento de qualidade!
Todos os meses em parceira com o GG, publico a rubrica Gourmet & Dining, que recomenda vários restaurantes de Lisboa, Cascais e Sintra, que você não pode deixar de visitar.
Estes são os restaurantes publicados na edição de Agosto para Lisboa.

A Travessa
Cozinha Portuguesa & Contemporânea / Portuguese & Contemporary Cuisine
Madragoa
O Convento das Bernardas, fundado em 1653, alberga agora este conhecido restaurante. Conte com um início de refeição onde a sucessão de entradas reflecte a ‘Lisboa dos Petiscos’, cruzando depois influências da Europa, das Américas, de África e do Oriente. / This renowned restaurant is set in an old Convent, founded in 1633. Your meal will start with several entrées, reflecting the “Lisbon of Delicacies”, with European, American, African and Eastern influences.
60€/px / SEG/MON - SAB/SAT Almoço/Lunch 12h30 - 15h Jantar/Dinner 20h - 24h / Travessa do Convento das Bernardas, 12 - Madragoa / +351 213 902 034

Augusto Gemelli
Cozinha Italiana / Italian Cuisine
São Bento

O proprietário que dá o seu nome ao restaurante é de origem italiana e assim se pode resumir a sua filosofia: “cozinhando à procura de emoções!” A aplicação de técnicas de confecção tradicionais e modernas possibilita um interessante resultado. / The owner, whose is originally Italian, lends his name to the restaurant his name and says his philosophy is: “cooking in search of emotions!” The use of traditional and modern confection techniques make this Chef’s cuisine unique and special.
Chef Augusto Gemelli / 50€ / SEG/MON a/to SEX/FRI 12h30 - 15h & 20h30 - 23h30 SAB/SAT 20h30 - 24h / Rua Nova da Piedade, 99 / +351 213 952 552 / +351 934 952 552 / www.augustogemelli.com

Bocca
Cozinha de Autor / Signature Cuisine
Marquês de Pombal
O Bocca apresenta duas cartas diferentes por dia, uma de almoço e outra de jantar, alternância que influencia toda a decoração da sala, a qual acompanha o ‘mood’ da hora. A gastronomia também assinala a diferença através de um conjunto de experiências que irão proporcionar-lhe momentos de degustação únicos. / Recently distinguished by Condé Nast Traveller, and featuring on the Hot List Tables 2009, this restaurant presents a new menu designed by Chef Alexandre Silva introducing the concept “Fast Food in Slow Motion”. Bocca is a space with a sober décor, excellent service and offers renowned cuisine.
45€/px / TER/TUE - SEX/FRI 12h30 - 14h30 & 20h - 23h; SAB/SAT 13h - 15h & 20h / Rua Rodrigo da Fonseca, 87-D / +351 213 808 383 / www.bocca.pt

Cop`3
Cozinha de Autor / Signature Cuisine
Santos
Partiu do conceito de “tasca”, manteve os pormenores que lhe dão as raízes tradicionais e acrescentou conceitos modernos e urbanos. No velho bairro de Santos, a tradição casa com técnica pela mão do Chefe Cozinheiro do ano 2006, Nuno Mendes. / This restaurant started with the “tasca” concept maintaining the details that kept its traditional roots and added modern and urban trends. In the ancient quarter of Santos the traditional meets technique by the hand of the cooking chef of the year 2006 - Nuno Mendes.
SEG/MON - SEX/FRI 12h30 - 15h SEG/MON - QUA/WED 20h - 23h QUI/THU - SAB/SAT 20h - 24h / Largo Vitorino Damásio, 3 / +351 213 973 094 / www.restaurantecop3.com

Dona Pepa
Cozinha Ibérica / Iberian Cuisine
Coliseu – Av. Liberdade
Dona Pepa Restaurante abriu no princípio do ano de 2009, no espaço do extinto Coliseu Café. São aconselháveis as tapas, os Montaditos e de cariz nacional os Bifes do Lombo, a perdiz estufada em vinho tinto, a empada de Perdiz, as Costoletas de Borrego Lechal e o Rabo de Boi estufado com agrião. / Dona Pepa opened at the beginning of this year and is located where the former Coliseu Café used to be. We recommend the tapas, the Montaditos and the more Portuguese Sirloin Steak, partridge stewed in red wine, the Lechal Baby Lamb Chops and the stewed Ox Tail with watercress.
SEG/MON - QUI/THU 12h - 24h SEX/FRI - SAB/SAT 11h - 02h / Rua Portas de Santo Antão, 92 / +351 213 431 034

Estado Liquido
Sushi de Fusão / Fusion Sushi
Santos
Recentemente inaugurado, nasce como restaurante de Fusão, introduzindo elementos ocidentais na tradicional gastronomia japonesa. Com Menus Express à hora de almoço, o Fusion Sushi apresenta, além de uma grande variedade de Sushi e Sashimi, também as Sopas, os Grelhados e Tempuras. / Recently inaugurated, this is a fusion restaurant which introduces western elements to traditional Japanese gastronomy.
With Express Menus at lunchtime, Fusion Sushi offers soups, grilled food and tempuras, apart from a wide variety of Sushi and Sashimi.
35€/px SEG/MON - SEX/FRI 12h30 - 15h & 20h – 23h, SAB/SAT & DOM/SUN 13h - 15h30 & 20h – 24h / Largo Santos, 5A / +351 213 972 022 / www.estadoliquido.com

Estufa Real
Cozinha Mediterrânica e Portuguesa / Mediterranean & Portuguese Cuisine
Ajuda
Situado em pleno Jardim Botânico da Ajuda, as paredes envidraçadas fazem com que se sinta confortavelmente sentado no meio da natureza. A cozinha de sabores mediterrânicos é rica em aromas e em originalidade. / Set in the heart of the Ajuda Botanical Garden, its glass walls make you feel that you are comfortably sitting in the midst of nature. A Mediterranean flavoured cuisine that has a rich aroma and is quite original.
30€/px / encerra/closes SAB/SAT; SEG/MON - DOM/SUN Almoço/Lunch 12h30 - 16h30 / Calçada do Galvão, Jardim Botânico da Ajuda / +351 213 619 400 / www.estufareal.com

Gambrinus
Cozinha Tradicional Portuguesa / Tradicional Portuguese Cuisine
Baixa
Tem as portas abertas desde 1936. Mas foram as obras conduzidas pelo arquitecto Maurício, em 1964, que lhe despiram as vestes de ‘antiga tasca’ e o transformaram num dos restaurante/cervejaria de luxo mais procurados da capital. / Inaugurated in 1936 it underwent a major renovation 1964 to change this popular space into a luxury restaurant. The steak sandwich at the bar is as good as the fresh seafood that is served in the dining-room.
60€/px / SEG/MON - DOM/SUN 12h - 01h30 / Rua das Portas de Santo Antão, 25 / +351 213 421 466 / www.gambrinuslisboa.com

La Caffé
Cozinha Internacional / International Cuisine
Av. Liberdade

Chamam-se LA CAFFÉ e são “design restaurants” onde se pode tomar o pequeno-almoço, almoçar, lanchar e, no caso da Av. da Liberdade, jantar. / LA CAFFÉ is a chain of design restaurants where you can have breakfast, lunch, tea or, in the case of Av. Liberdade, dinner.
SAB/SAT 10h – 12h Av. da Liberdade, 129 +351 213 256 736 www1.lanidor.com/lacaffe

La Paparrucha
Cozinha Argentina / Argentinean Cuisine
Chiado
Este foi o primeiro restaurante em Lisboa dedicado exclusivamente à gastronomia Argentina. Situada numa zona histórica, nele usufrui-se de uma visita soberba sobre toda a cidade ao mesmo tempo que se desfruta de uma belíssima refeição. Tudo numa atmosfera requintada e acolhedora propícia à celebração de momentos especiais. / Located in an historic area of Lisbon this was the first restaurant exclusively dedicated to Argentinean food. The excellent service and the best Argentinean meat combine with elegance, comfort and a superb view.
Todos os dias das/ Everyday from 12h - 15h & 19h30 - 02h / Rua D. Pedro V, 18 a 20 / +351 213 425 333 / www.lapaparrucha.com

La Trattoria
Cozinha Italiana / Italian Cuisine
Amoreiras

A decoração é moderna e acolhedora, pronta a receber o clientes exigentes. As massas são uma especialidade, em especial o Filetto alla Trattoria, além de ter uma respeitável garrafeira. O ambiente média luz proporciona refeições a dois. / The décor is modern and cosy ready to receive the most demanding clients. Pastas are a specialty and most especially the Filetto alla Trattoria; it also offers a recommendable wine menu. The dim atmosphere is ideal for a meal for two.
DOM/SUN - SEX/FRI Almoço/Lunch 12h30 – 15h; DOM/SUN - QUI/THU 19h30 - 23h / SEX/FRI - SAB/SAT - 24h, Rua Artilharia 1, 79, Lisboa / +351 213 853 043 / www.latrattoria.pt

Luca
Cozinha Italiana / Italian Cuisine
Santa Marta

Restaurante com decoração urbano-industrial. E a cozinha onde predominam os produtos de mercado de primeira qualidade. O restaurante também é composto por um tapas bar, com buffet de petiscos e cocktails. / A large and modern restaurant with an urban-industrial décor. The cuisine offers top quality market products. The restaurant also offers a “tapas” bar, a snack buffet and cocktails.
SEG/MON - QUI/THU 20h - 23h30 SEX/FRI & SAB/SAT 20h - 24h / Rua de Santa Marta, 35 / +351 213 150 212 / www.luca.pt

Mercy Brasserie
Internacional / International
Chiado
No Chiado e na fronteira nascente do Bairro Alto, uma nova brasserie com cinco menus diferentes em que os bifes dominam mas onde há lugar para os peixívoros e vegetarianos. Um projecto com um ambiente cosmopolita e trendy mas despretensioso e confortável. / In the Chiado, on the boarder with the eastern edge of Bairro Alto, a new brasserie has opened its doors. It includes five different menus, in which steak is dominant, but which is also appealing to fish lovers and vegetarians. The interior design has a cosmopolitan, trendy and comfortable atmosphere.
Todos os dias das/ everyday 12h30 - 01h30 / Rua da Misericórdia, 78 / +351 213 479 232/ +351 916 990 006 / www.mercybrasserie.com

O Clube dos Jornalistas
Gourmet
Lapa
O Clube de Jornalistas é uma verdadeira instituição da cidade. Ponto de encontro de diplomatas, políticos e, claro jornalistas. O restaurante do Clube oferece uma cozinha criativa e requintada baseada em produtos sazonais. A esplanada no jardim interior é um dos segredos mais bem guardados. / Clube de Jornalistas is a true Lisbon institution. A meeting point for diplomats, politicians and, of course, journalists. The Clubs’ restaurant offers a creative and sophisticated cuisine based on seasonal products. The terrace in the interior garden is one of its best secrets.
30€/px / SEG/MON - SAB/SAT 12h30 - 15h & 19h30 - 23h / Rua das Trinas, 129 r/c / +351 213 977 138

Quinta dos Frades
Cozinha de Mercado / Market Cuisine
Lumiar

Chakall, cujo talento é sobejamente conhecido é o executive-chef do espaço. O Chef é também o autor do livro Cozinha Divina, que ganhou o prémio especial do júri da Feira de Frankfurt e, em Abril ter sido galadoardo com o prémio “Gourmand World Cookbook”.
Neste restaurante privilegia-se a cultura da boa comida e do bom vinho. / Chakall is this house’s executive Chef, an internationally renowned talent who combines this space with the art and sophistication of fine food with fine wine. As the author of the book “Divine Cuisine” he has received the special award by the juries of the Frankfurt Fair and, in April, has also been awarded with the “Gourmand World Cookbook” award.
30€ / SEG/MON a/to SAB/SAT 12h30 - 15h30 & 19h30 - 23h30 / Rua Luís de Freitas Branco, 5-D, Lisboa / +351 217 598 980 / www.quintadosfrades.com

Sommer
Cozinha Internacional e Fusão/ International & Fusion Cuisine
Cais do Sodré

Perto do mercado da Ribeira, O Sommer é um espaço acolhedor, moderno e cuidado. A cozinha, liderada pelo jovem Chef Pedro Sommer Ribeiro, restauraou os sabores tipicamente portugueses e adaptou-se às novas técnicas internacionais. / Located near the Ribeira market, this is a welcoming and modern space. Chef Pedro Sommer Ribeiro creatively runs a kitchen which effectively adapts the knowledge of international techniques to the evolution of typical Portuguese flavours.
SEG/MON - SAB/SAT 12h30 - 15H SEG/MON - QUA/WED 20h - 24h QUI/THU a/to SAB/SAT 20h - 02h / Rua da Moeda, 1 -K / +351 213 905 558/+351 910 785 558 / www.sommer.pt

Spot São Luiz
Cozinha de Autor / Signature Cuisine
Chiado

O Spot S. Luiz é a continuação do Spot do Casino Lisboa. Mais central, mais ‘dia’ (serve almoços) respira um ambiente de artistas já que está colado ao São Luiz. A assinatura é Fausto Airoldi. / Spot S. Luiz is an extension of the Lisbon Casino Spot. It is more central, opens longer hours (serves lunch), and has an artistic atmosphere because it is next door to the São Luiz Theatre. Cuisine by Fausto Airoldi.
Chef Fausto Airoldi / SEG/MON - DOM/SUN 17h - 23h; SAB/SAT brunch 11h - 17h / Rua António Maria Cardosos (ao lado do/ Teatro Municipal S. Luiz/ Chiado) / +351 213 430 253

Suite (novo/new)
Cozinha de Autor / Signature Cuisine
Casino Lisboa
O imaginário de uma suite de hotel foi o ponto de partida para a materialização de uma nova experiência no Casino de Lisboa. Em perfeita sintonia com o espaço em que se insere, o Suite promete subverter tudo aquilo que, tradicionalmente, se espera de um restaurante. / The concept behind this new experience at the Lisbon Casino is a hotel suite. Blending harmoniously with its surroundings, Suite is guaranteed to subvert all you might expect from a traditional restaurant.
Chef Fausto Airoldi / QUA/WED - SAB/SAT 20h - 03h / 04h (SEX/FRI, SAB/SAT e/and holiday eves) / Alameda dos Ocenos, Lote 1.03.01 (Parque das Nações) / +351 218 929 040 / www.casino-lisboa.pt / +351 218 929 040 /reservas@evolucaogastronomica.com

Taberna do Chiado
Cozinha Tradicional Portuguesa / Tradicional Portuguese Cuisine
Chiado
O restaurante Taberna do Chiado caracteriza-se por um conceito
minimalista numa fusão entre o ambiente tradicional das antigas “Tabernas” portuguesas com barricas de carvalho, meia-luz, mesas e bancos amplos, com as linhas mais actuais e sofisticadas. E promete uma experiência única sobre a gastronomia portuguesa. / This restaurant is characterized by a minimalistic concept and the fusion between the traditional atmosphere of the ancient Portuguese “taverns” with oak barrels, dim lighting, ample tables and benches, and a more modern and sophisticated design. This space guarantees a unique experience of Portuguese cuisine.
Todos os dias/ Everyday 12h00 - 24h / Entrada 1: Calçada Nova de São Francisco, 2A / Entrada 2: Rua Garrett, 19 (Pátio Siza Vieira, loja 6) / +351 213 474 289 / www.tabernadochiado.com

Pode consultar a edição impressa em http://www.goldenguide.pt,/ Agosto 2009.

terça-feira, 1 de Setembro de 2009

O meu menu - Pelos caminhos de Portugal

OJE - Lifestyle - 2009.09.01

Pelos caminhos de Portugal
Por Vicente Themudo de Castro

A minha sugestão para o seu almoço executivo desta semana é: Creme de legumes (2,50€); Entrecôte de novilho DOP Alentejo com batata frita; pimento assado e chutney de manga (15,00€); O melhor bolo de chocolate da Avenida (4,00 €). Onde? No Restaurante Babá Ratón!

Este espaço, em conjunto com o OJE, preparou uma surpresa para os nossos leitores: 20% de desconto até dia 30 Novembro. E para usufruir basta aparecer com uma cópia do jornal ou com o recorte deste artigo!

Assim, em vez de pagar os 21,50€ desta sugestão apenas paga 17,20€.

A sugestão não é vinculativa, pode ainda optar por um dos pratos do dia ou uma das 11 variedades de confecção de Hamburger (o meu preferido é o gourmet: com cebola confitada e escalopes de fois-gras fresco). Mas se for jantar não prescinda do “Chuletón” de novilho, batata frita e chutney de manga.

Oferecendo a garantia de uma boa relação preço/qualidade, Lisboa tem aqui um conceito sério do “Fun Cooking”, em que a irreverência e criatividade do Chef se enquadram perfeitamente à decoração moderna e arrojada do espaço.

Já a sul faço uma descoberta interessante e intrigante: Estupeta de atum à montanheira (6,50 €) e/ou Sopa de tomate assado, ovo de cordoniz escalfado e telhas de pão de alho (7,50 €); filetes de peixe-galo com corado unilateral sobre misto de vegetais ao vapor, migado de batata com chouriço e molho aveludado de murganheira com amêijoas (18,00 €) e/ou carré de borrego em crosta de ervas sobre confit de legumes e molho de cheiros do monte (25,00€); e doçaria regional e conventual (3,50 €).

Este achado foi na recentemente aberta Pousada de Estói, um palácio do séc. XVIII, outrora propriedade do Visconde de Estói José Francisco da Silva, que foi recuperado pelo Grupo Pestana, sendo a assinatura do projecto do Arquitecto Gonçalo Byrne.

Este magnifico palácio com os seus pavilhões de chá e os jardins estilo “Versailles”, disponibiliza, além do já recomendado restaurante, uma piscina com uma vista para a costa oceânica, um SPA, e por estar apenas a 10Km da cidade de Faro, pode ainda optar por programas de Golfe, pesca desportiva, passeios a cavalo, bicicleta ou a pé, ou simplesmente ir para a praia.

Algo verdadeiramente interessante nas pousadas de Portugal é que têm menu para crianças, e um serviço complementar de baby-sitting. É um local onde podemos passar uma temporada ou uma noite, a dois ou em família.

Se fizer a sua reserva hoje através do site www.pousadas.pt ou número 218442001, terá acesso a diárias a partir de 95€ durante a semana e 130€ para o fim-de-semana!

Não se esqueça de levar a sua cópia do OJE ou recorte deste artigo, e apresentar no momento do check-in. E receba uma garrafa de vinho da adega das Pousadas de Portugal. Oferta válida até ao fim do ano.

Para comentar este artigo ou sugerir temas contacte o autor por gourmet@live.com.pt

20% em todas as refeições até 30 de Novembro
Restaurante Babá Ratón
www.babaraton.com
Edificio Tivoli Forum
Avenida da Liberdade 180, loja F 1250-146 LISBOA
Tel. 213571502
Email: restaurante@babaraton.com

Uma garrafa de vinho da Adega das Pousadas de Portugal
Pousada Palácio de Estoi
www.pousadas.pt
Rua São José - Estói 8005-465 Faro
Tel. (+351) 289 990 150
Email: recepcao.palacioestoi@pousadas.pt

Texto publicado originalmente no Lifestyle do diário OJE a 1 Setembro de 2009